sexta-feira, 26 de junho de 2009

Seminário de Call Center apresenta acessibilidade para surdos

Nos dias 24 e 25 de junho no auditório Associação Americana de Comercio AMCHAM, foram apresentados diversas palestras e exposições das empresas que vendem produtos para Call Center e ou fazem prestação de serviços para as empresas de SAC – Serviço de Atendimento ao Consumidor.

Neste momento muitas empresas estão preocupadas com o Decreto 6523/2008 que regulamenta as normas de prestação de serviços de atendimento aos consumidor “Art. 6o O acesso das pessoas com deficiência auditiva ou de fala será garantido pelo SAC, em caráter preferencial, facultado à empresa atribuir número telefônico específico para este fim.”
Durante a apresentação do Consultor e Coordenador de Acessibilidade da Feneis, Sr. Neivaldo Augusto Zovico ele colocou que o artigo se refere ao telefone para surdos TS e que este aparelho os surdos dificilmente usam hoje em dia.
Antigamente quando não tinha internet nem celular o TS era muito usado (20 anos atrás) mas hoje não usam porque existe celular que envia torpedo SMS e internet em atendimento on-line.

O custo do aparelho TS é o dobro em comparação com o do computador e não traz as vantagens que existem no computador com a possibilidade de uso do MSN e e-mail, atendimento on-line.

O celular também tem vantagens pois vai para qualquer lugar e em caso de emergência o Surdo pode enviar o torpedo de qualquer lugar, por exemplo ao dirigir um carro na estrada e de repente o carro dá problema, Se houver atendimento por celular pela empresa de guincho, fica mais fácil o atendimento e rápida a comunicação.
Após, veio Carlos Paiva, Consultor Comercial de Telecomunicações da empresa Gênia Tecnologia que apresentou uma inovação no mercado com equipamento capaz de receber mensagens através de SMS dos celulares, atendimento on line e TS – Telefone para surdos instalado em Call Center.
As palestras foram concluídas com sucesso e foram esclarecidas as dúvidas das empresas que atendem por SAC. Muitas empresas não sabem como comunicar-se com o surdo de forma eficiente e ainda pensam que o TS é novidade, sendo que todos os surdos sabem que este é um aparelho do passado.
Depois foram conhecer os equipamentos em exposição no saguão do Congresso. A Empresa HUAWEI estava mostrando uma Solução de Contact Center que utiliza comunicação por vídeo. Este canal de comunicação por vídeo é muito importante para a comunicação dos Surdos.
A Pessoa Surda pode comunicar com o Contact Center de uma empresa usando vídeo fone e webcam de seu computador. A HUAWEI é a maior empresa da China no segmento de telecomunicações e redes de dados e vídeo. Recentemente instalada no Brasil possui mais de 1.000 funcionários distribuídos por varias capitais do Brasil e com Centro de Desenvolvimento em Campinas SP.

Os representantes da HAUWEI receberam visita de pessoa da ANATEL e mostraram o benefício desta solução para os Surdos. A reação desta pessoa foi de total descaso dizendo que não era a sua área na ANATEL, e que para implantação como solução para Surdos precisava de Legislação especial. Nosso governo continua com estas burocracias tecnológicas e não se importa com a necessidade da Comunidade surda.

Mas o Consultor Prof. Neivaldo diz que vai procurar para enfrentar para que a comunicação dos surdos através da tecnologia para surdos seja reconhecida pelo órgão publico juntos com a comunidade surda e também órgãos públicos.




Da esquerda para Direita, Andrea interprete de LIBRAS, consultor Prof. Neivaldo e consultor Carlos Paiva que fizeram palestras no Seminario onde presençam diversas empresas importantes de Call Center.

Consultor Prof. Neivaldo conheceu e fez o teste de comunicação em LIBRAS do vídeo fone e diz que a imagem está perfeita para a comunicação dos surdos no Brasil, e espera que tenha reconhecido pelo Governo para a implantação de Call Center com cam em todas empresas.

Fonte : Neivaldo Zovico

2 comentários:

  1. Juliana de Brito8 de abril de 2010 03:18

    Nós, do Instituto Cearense de Educação de Surdos (ICES) estamos perplexos com o resultado da Conae! Quando participamos da Conferência Estadual do Ceará lutamos para que as propostas de São Paulo fossem aprovadas aqui também e acrescentamos ainda outras, e apesar das dificuldades locais, conseguimos a aprovação. No entanto, infelizmente, não conseguimos enviar delegados representantes para a Conae. Acredito que as instituições de ensino para surdos precisam unir forças, para provar por meio de dados reais em avaliações externas e vestibulares, o sucesso das escolas bilíngues, precisamos fazer uma rede nacional, ou até mesmo, internacional, de escolas bilíngues para desenvolvermos e compartilharmos metodologia e material didático bilíngue e divulgarmos o sucesso dos surdos que estudam em escolas bilíngues em detrimento às escolas inclusivas, somente assim estas instituições serão respeitadas.

    Juliana de Brito - diretora do ICES (julybrito@ig.com.br)

    ResponderExcluir
  2. sao paulo 30 de maio de 2010
    (surdo mundo)
    joao batista vieira silva
    joaosurdo2009@hotmail.com
    joaobvssurdo@bol.com.br

    eu nao conheço mas um grande forte abraço obrigado amigo , Da esquerda para Direita, Andrea interprete de LIBRAS, consultor Prof. Neivaldo e consultor Carlos Paiva que fizeram palestras no Seminario onde presençam diversas empresas importantes de Call Center.

    ResponderExcluir